Ceilândia: (61) 3371-5937  Asa Norte: (61) 3349-1186  Taguatinga: (61) 3550-6998 Cruzeiro/Sudoeste: (61) 3550-8953

Ceilândia: (61) 3371-5937
Asa Norte: (61) 3349-1186
Taguatinga: (61) 3550-6998
Cruzeiro/Sudoeste:(61) 3550-8953

O que chamamos popularmente de bursite do ombro geralmente é um tipo de tendinite, responsável por dores no ombro quando fazemos movimentos de elevação do braço. Quando elevamos os nossos braços acima da altura dos ombros, há uma certa compressão dos tendões do ombro contra os ossos, o que pode gerar, com o tempo e a repetição do movimento, a inflamação destes tendões e dos tecidos ao redor destes, que são chamados bursas, daí o nome bursite.

Professores que escrevem em lousas, permanecendo longo tempo com o braço elevado, podem apresentar quadros de bursite dos ombros. Jogadores de vólei e nadadores, pelos movimentos repetitivos de elevação dos braços, também tem uma frequência maior de tendinites e bursites nos ombros.

Tratamento: quadros suaves e iniciais podem ser, na maioria das vezes, tratados com medicamentos, compressas e orientações específicas. Já quadros que ocorrem repetidamente, ou quando não melhoram com o tratamento inicial, são tratados com fisioterapia. Eventualmente há casos mais graves, que podem necessitar até mesmo de tratamentos cirúrgicos, principalmente quando a inflamação crônica ocasiona rompimento dos tendões.